Tatiana Silva

 
 
 

Amados irmãos, gostaria de contar a vocês o meu testemunho. Casei em 2005 e no ano seguinte pensei que estava grávida, pois há 4 meses não menstruava, então fui ao médico e descobri que estava com cistos nos ovários. Dessa forma,  o médico me receitou um anticoncepcional, orei e entreguei nas mãos de DEUS.

Passei anos e anos tentando engravidar, em 2009 resolvi ir a outro médico, que pediu vários exames, meus e  do meu esposo. Fiz todos os exames e ainda continuava com cistos nos ovários, e em meu esposo foi constatado varicocele. Ele e teria que ser submetido a procedimento cirúrgico, com a cirurgia marcada para a segunda semana do mês de maio de 2009. Sendo que no primeiro domingo do mês, é a nossa santa ceia, e nesse culto, cremos e meu esposo foi curado. Na quinta-feira seguinte, ele voltou ao médico e realizou o exame outra vez, e constatou-se que não tinha mais nada. Graças a DEUS!!

Já em abril de 2010, depois de um culto muito abençoado, o pastor Véber Cordeiro começou a orar por todos os enfermos, ungindo-os com óleo. Então fui receber oração, e o pastor, orando, disse: “Que DEUS realizasse o desejo do seu coração.”. E meu desejo naquele momento era o de ser mãe. Após 2 meses, comecei a passar mal, foi quando descobri que estava grávida. Meu Deus! Cai em prantos, em agradecimentos a ELE, pela bênção recebida, e em fevereiro de 2011, meu filho nasceu.

Em maio de 2012, novamente descobri que estava grávida de 2 meses, porém, sofri um aborto espontâneo. Mas quando foi em outubro de 2012, mais uma vez outra bênção, grávida de novo. Então comecei a fazer o pré – natal, estava tudo bem, e a data prevista para o parto (DPP), era para o final do mês de maio.  Porém, para a minha surpresa, dia 01 de abril, comecei a passar mal, então, fui para a maternidade; chegando lá, a médica fez o “toque”, e constatou somente 1 cm de dilatação. Voltei para casa, e se continuasse com as alterações, orientada pela médica, teria que ir para o hospital da mulher, pois só lá teria assistência de UTI neo – natal. No dia seguinte, tive sangramentos, e fui para a maternidade, e já estava com 5 cm de dilatação. Então  a médica me internou, afinal estava ainda com 31 semanas de gestação, e o bebê estava sentado e com baixo peso. Tomei duas injeções para fortalecer os pulmões dele, e comecei a tomar remédios para segurar mais um pouco a gestação, de 4 em 4 dias, fazendo ultrassons, para acompanhar o estado de saúde do meu bebê, pois eu estava perdendo líquidos, tomando soro direto e permanecendo em repouso absoluto.

No dia 19 de abril, comecei a passar muito mal, assim, correram comigo direto para o bloco cirúrgico, para ser submetida a uma cesariana, pois o bebê continuava sentado. Fiquei muito nervosa, orando e pedindo a Deus, pois queria parto normal. Mas Deus, estava ali comigo o tempo todo, afinal, na enfermaria em que eu estava internada, ele foi o único bebê que voltou com sua mãe para lá. Meu segundo bebê nasceu de 34 semanas de gestação, com 48 cm de comprimento e pesando 2,885 kg. Recebemos alta no dia 22 de abril.

Graças a DEUS!!! E hoje tenho ISAAC e ISRAEL. Meus filhos, minhas bênçãos recebidas diretamente das mãos do meu SENHOR JESUS CRISTO!!